aves Aves

alimentação e nutrição

alimentação de beija-flores

alimentação de beija-flores

by dr fala Dr. Fala

40 post view

Os beija-flores, também conhecidos como colibris, são aves pertencentes à família Trochilidae com cerca de 330 espécies registradas. Encontrados exclusivamente nas Américas, são coloridas e de pequeno porte que medem, em média, de seis a 12 cm de comprimento e pesam de dois a seis gramas. Entre todas as aves, os beija-flores são notáveis por várias características particulares como se alimentar do néctar das flores, pairando no ar e são as únicas aves capazes de voar em marcha à ré.

Outra particularidade é que seu coração é responsável por cerca de 15% do volume total do corpo, representando a maior proporção entre todos os animais. Em repouso, este órgão bate cerca de 500 vezes por minuto e, durante o voo com as asas batendo em um ritmo de até 90 vezes por segundo, o coração chega até 2.000 pulsações por minuto.

Devido ao seu metabolismo altíssimo, os beija-flores precisam ingerir regularmente alimentos altamente energéticos para permanecerem ativos, por isso consomem grandes quantidades de néctar diariamente, que corresponde entre 80 e 90% da dieta diária. O néctar é uma substância aquosa fornecida por flores, cuja a composição básica é constituída por sais minerais, água e uma grande porcentagem de carboidrato.

A alimentação de beija-flores não é apenas baseada em carboidratos, mas a ave também necessita de proteína, as quais são obtidos pela ingestão de artrópodes como moscas, pequenas aranhas, formigas e mosquitos que são capturados juntamente com o néctar ou ocasionalmente em pleno voo. Por precisarem de grandes quantidades de néctar por dia para suprir suas demandas energéticas, acabam visitando muitas flores, tornando-se um considerável agente polinizador.

Um hábito muito comum, mas que pode pôr a saúde da ave em risco, é oferecer água com açúcar ou mel para os beija-flores. O açúcar comum e o mel não devem ser utilizados como alimento, porque são produtos de rápida fermentação e podem contaminar as aves com fungos, podem levá-la à morte. Além disso, o balanço nutricional destes açúcares é bastante diferente dos néctares encontrados na natureza.

Na natureza a dieta dos filhotes de beija-flores é basicamente a mesma que a das aves adultos. A mãe é a responsável por coletar o néctar e fornecê-lo os filhotes, além de complementar a dieta com insetos previamente regurgitados. Os filhotes recebem esta dieta até completarem o primeiro mês de vida, quando saem do ninho para aprender a voar e encontrar a sua própria comida. Quando realizada manualmente, a alimentação pode ser complicada e necessita de muita dedicação. O maior desafio está na frequência alimentar, já que requerimento energético destas aves é grande e deve ser suprido em pequenas doses durante todo o dia. Os filhotes chegam a consumir por dia um volume de néctar 30 vezes o peso do seu corpo.

Na criação manual, o Alcon Club Beija-Flor Néctar é o alimento ideal para suprir a demanda energética dos filhotes, que devem ser alimentados com o auxílio de um conta-gotas, no mínimo cinco vezes por hora, durante o dia. À noite o metabolismo das aves diminui significativamente, não necessitando de alimento. A quantidade de alimento a ser fornecida varia conforme o apetite do filhote.

É importante disponibilizar além da alimentação manual, um bebedouro com o Alcon Club Beija-Flor Néctar, pois logo o pequeno aprenderá que deve utilizá-lo para alimentação. Há também a necessidade de fonte proteica na dieta dos filhotes, que pode ser suprida com o fornecimento de artrópodes domésticos.

Quando o filhote tiver aproximadamente um mês e se alimentando sozinho, o ideal é soltá-lo, mantendo sempre um bebedouro à vista da ave. Os beija-flores são animais de alto metabolismo, portanto não devem ser mantidos em gaiolas. Outro aspecto importante é a higienização dos bebedouros para evitar proliferação de microrganismos indesejáveis. Os bebedouros devem ser higienizados com sabão neutro e água. Todas as reentrâncias devem ser limpas cuidadosamente com uma escovinha. Uma vez por mês, aproximadamente, o bebedouro deve ficar de molho em água clorada, e posteriormente enxaguado abundantemente.

As flores atraem uma imensa gama de espécies de animais pelo fato de fornecerem um alimento riquíssimo e altamente palatável, o néctar. Ao alimentar aves com Alcon Club Beija-Flor Néctar, deve estar ciente que, eventualmente, alimentará também abelhas, formigas ou morcegos, pois é assim que ocorre na natureza.

Uma dica que pode ser útil é disponibilizar Alcon Club Beija-Flor Néctar apenas durante o dia, retirando o bebedouro à noite. Uma estratégia para evitar as formigas é isolar a sua passagem com sumo de limão. Esses animais, normalmente não passam onde foi espalhada esta substância. Para tentar afastar as abelhas uma alternativa é retirar o bebedouro por um ou mais dias, tempo necessário para elas migrarem em busca de alimento.

Publicado na Revista VetShare - nº 72 - Dezembro 2020
Autor: Carlos Augusto Nicolino Médico Veterinário, Mestre e Doutor em Patologia Veterinária
Colaboradora: Eva Schneider, Graduanda em Medicina Veterinária e Max Ternero Cangani, Mestre em Microbiologia Agropecuária, Doutor em Zootecnia

Confira dicas de manejo e nutrição em Guia Pássaros e Psitacídeos
Dúvidas? Escreva para nosso Depto. Técnico


Agradecemos por seu feedback! Esta sua ação é muito importante para nós, pois nos inspira a continuar criando conteúdos interessantes e acessíveis, que possam lhe auxiliar cada vez mais a manter seu pet sempre saudável e feliz :)

subir